quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Castro Verde

É perto das velas que o vento me conduziu há alguns anos. Perdida por razões que o Tempo sabe, encontrei neste lugar um sítio para me abrigar desabrigando... lugar místico, tranquilo, longe do Tudo e do Nada, na Natureza que me comporta o ser. É aqui, tão perto do meu eu... que agora estou a ceder... para um (re)encontro do SER.

4 comentários:

Ronaldo disse...

Olá!

Que lugar é esse?
Também quero ir para lá!

Silver disse...

Essa terra é lindíssima e inspiradora. bjiiiinhes

Isabel disse...

Grata pelas vossas visitas, Ronaldo e Silver!

Braulio Pereira disse...

adorei

que lindo tudo


beijos!!